Pesquisar este blog

Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 8 de junho de 2010

Encontro na cozinha



Convidei  mulheres para debater algumas idéias e a proposta da formação de uma Federação de Mulheres em Goiás. O encontro marcado foi para as 20h30m, mas às 19h minhas amigas foram as primeiras a chegar. Com intimidade se aconchegaram confortavelmente na cozinha de minha casa, onde normalmente as mulheres se sentem muito bem.  Vieram de vários pontos de Goiânia. Rimos muito e lembramos situações comuns. Na hora marcada começamos a reunião enquanto outras lideranças femininas chegavam.
Propus uma pauta simples: discutir a participação da mulher na família, em  grupos comunitários femininos, em lutas de caráter mais econômico e a formação da federação para encaminhamento de projetos e mobilização das mulheres na luta por mais justiça, igualdade, mobilização social e política. Prontamente a roda do debate girou emocionadamente, para a minha alegria. Falaram das lutas pessoais, das dificuldades familiares, das mazelas sociais, dos terrores na criação das crianças, educação da juventude e até da necessidade de grandes mudanças políticas. Acolheram com entusiasmo a idéia da formação de uma federação e se propuseram a colaborar.
Quando saíram me pus a refletir e a avaliar o encontro. Reputo-o como vitorioso. Muito vitorioso. As sementes da formação da Federação de Mulheres de Goiás foram lançadas. Nossos sonhos serão enriquecidos e muitos deles se realizarão. Sua realização acontecerá com a união de todas e com as lutas dos movimentos sociais. Nossa visão feminista é a de ampla união com os setores sociais que lutam por mais direitos e por justiça. Há muito a fazer, mas o certo é que as mulheres são fundamentais nesse processo e sua participação social e política são indispensáveis.  A história é grávida de testemunhas da luta das mulheres. As motivações do Dia Internacional da Mulher que o digam.
Tenho enorme preito de gratidão às minhas amigas que vieram à minha cozinha, ontem à noite. Listo os nomes daquelas com quem convivo há anos e a quem devo muito em solidariedade e carinho em momentos muito difíceis. Agradeço minha vizinha Solange, dona de casa, por sua participação; agradeço minha amiga Edna, mulher empresária e vencedora; sou agradecida à minha amiga Carmem, gerente e decoradora de loja de móveis finos e mãe lutadora; minha amiga Cláudia, administradora de empresas e trabalhadora receba minha gratidão por suas emoções e entusiasmo; receba, minha amiga Linda, vendedora de sucesso e decoradora de móveis finos, meu especial agradecimento pelo que falou nesta casa que já foi também sua; à amiga Leotina, mulher mãe e vó, experiente, por sua participação e entusiasmo; amiga Alice, professora e líder, obrigado por sua força e testemunho feminino de mulher que sabe sorrir ante as vicissitudes da vida, sempre pronta a servir e a apoiar; à professora Izabel, de longa experiência nas lutas femininas e políticas, agradecida por sua presença e participação e, finalmente, minha amiga de muitos momentos, Eva, Assistente Social e funcionária pública do sistema de saúde em Brasília e líder comunitária em nosso bairro, muito obrigada pela presença e inspiração de uma vida totalmente dedicada ao próximo. Obrigada a vocês todas, de coração!
Penso que nossa luta pela formação da Federação de Mulheres de Goiás começou, mas só começou. Para que a Federação se viabilize precisamos trabalhar muito e nos apoiarmos muito. Vamos à luta amigas e companheiras. Temos muito amor para compartilhar!

2 comentários:

  1. Querida Jo,

    Mande sempre o convite para eu passar para nossa mailing list e contatos. Não sabia da reunião e conheço muitas mulheres que se interessariam.Obrigado.Laércio.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, Profª Jucilene, por sua consciência feminista e sua luta em favor da emancipação femina. Parabéns por essa reunião em sua casa e pelo carinho demonstrado na semeadura do projeto da Federação. Siga em frente, custe o que custar. Goiás precisa dessa entidade e suas amigas a apoiarão sempre, sem a menor dúvida. Abraços, Dom Orvandil

    ResponderExcluir

Páginas